quinta-feira, julho 26, 2018





Voar é com os pássaros
Sonhar é com a gente
porque eles têm asas
e nós temos a mente
que nos permite voar
de um jeito bem diferente
ir - sem sair do lugar -
ao futuro lá na frente
e além de ir, enfeitar,
construir e habitar
uma realidade inexistente
como se fosse real
o que é apenas sonho, realmente.

Gente é feita pra sonhar
de tudo e de todo jeito
estando muito feliz
ou triste e insatisfeito
com a vida por um triz
com tudo andando direito
Gente sonha dormindo
e mais ainda acordado
e nos sonhos tudo é lindo
bom, gostoso, desejado
o sonho é a fotografia
de um tempo muito esperado
que dorme dentro da gente
sonhando ser acordado
... o sonho é a expressão
do nosso mundo sonhado

Tem sonhos de todos os tipos
pra todos os gostos e agitos
sonhos pequenos e simples
sonhos grandes e complicados
sonhos que são mesmo da gente
e sonhos emprestados
sonhos genuinamente brasileiros
e sonhos globalizados
sonhos muito passageiros
e sonhos muito demorados
sonhos de crescer, de mudar o mundo
e sonhos de ir viver
bem distante deste mundo

Sonhos de todas as cores,
formas e tamanhos
sonhos muito comuns
e sonhos... ligeiramente estranhos
sonhos somente ao alcance de alguns
e sonhos que todos podem sonhar
a qualquer hora do dia
em qualquer tempo e lugar
na janela,
na cama,
no banheiro,
na igreja,
no trabalho,
no bar...
... porque sonhar é de graça
ninguém paga pra sonhar

Há sonhos duramente reprimidos
e sonhos bravamente liberados
sonhos sérios, formais, comedidos
e sonhos desbundantemente ousados
sonhos requintados e elegantes
e sonhos de um mau-gosto refinado
sonhos muito extravagantes
e sonhos super bem-comportados

Para todas as preferências,
tendências e fantasias
há sonhos práticos e realistas
ou distantes utopias

Sonhos malucos e geniais
sadiamente loucos
insanamente normais
sonhos libidinosos, mundanos
sonhos divinos e angelicais
Mas sejam nobres e sublimes
ou vulgares e banais
são apenas sonhos humanos
de todos nós, mortais

Há sonhos pra se sonhar sozinho
e sonhos pra se sonhar a dois
sonhos que muitos já sonharam antes
e que muitos sonharão depois
sonhos pra se sonhar em vida
e sonhos pra depois de defunto
sonhos pra se sonhar em segredo
e pra contar pra todo mundo

Sonhos arrojados e inovadores
sonhos antigos e tradicionais
sonhos que viraram história
e sonhos que ninguém se lembra mais
sonhos sonhados com medo
e com muita garra e coragem
sonhos que parecem pesadelos
e sonhos que são uma viagem

Sonhos que nos deixam preocupados
e sonhos que nos enchem de esperança
sonhos pra quando a gente crescer
e sonhos de voltar a ser criança

Quantos sonhos ficarão só no "talvez..."?
Quantos virarão realidade?
Quantos deixarão de ser apenas desejo
para se transformar em vontade?

Quantos sonhos serão bem mais
do que febre passageira?
Que nos motivem a lutar a vida inteira,
e a prosseguir sempre, de qualquer maneira,
ralando, errando, perdendo ou ganhando,
acertando em cheio
ou fazendo belíssimas besteiras?


Porque sonho que é sonho, não passa:
- faz a gente fazer no peito e na raça,
de pura pirraça,
nem que seja a última coisa que a gente faça!

Porque sonho que a gente só sonha
sem nunca tentar fazer
vai ficando pro futuro
até cair de maduro
decompor, apodrecer,
... ficar velho como a gente
até desaparecer
no meio da densa neblina
que é morrer sem viver

Porque sonho foi feito pra virar realidade
não pra ficar na gaveta da eterna possibilidade
nem pra terminar na saudade
do que poderia ter sido - e nunca foi...

... Mas que sempre poderá ser
porque sonho não tem idade para se viver!
Qualquer tempo é tempo pra quem sonha de verdade:
- é só esperar pra ver

Esperar e, é claro, se mexer,
porque sonho depende de muita fé e trabalho
até o dia de acontecer

E esse dia pode demorar
mas com toda certeza vem,
porque o sonhador sabe muito bem
a força que um sonho tem

Força que nos anima a continuar lutando
apesar dos fracassos,
do cansaço,
da falta de recursos,
da velhice chegando...

Porque sonhos são como estrelas
guiando o navegante...
Faróis – que nos lembram a cada instante
que ainda estamos vivos
que ainda temos a chance de chegar
por piores que sejam as tempestades
que tenhamos a enfrentar

Porque sonho é pra ser vivido,
ser buscado, ser perseguido,
sem desistir nem desanimar...

... Com toda a força da alma
com todo o engenho das mãos
com a lucidez das idéias
e o fogo ardente da paixão

Porque só os sonhos
podem dar sentido e significado
ao presente, ao futuro e ao passado

Porque sonho não é loucura nem ilusão
mas apenas um recado de Deus
gravado dentro de cada coração

terça-feira, julho 24, 2018












Faço mergulhos tão profundos, que ainda não encontrei com quem compartilhar... 

Às vezes, meus monólogos duram horas... penso em escrever... pego o papel e a caneta... 'psicografo' algumas linhas, mas começo a me distanciar da fonte... tudo vai se transformando num corpo esteticamente estruturado... deixa de ser fidedigno.

Na verdade, eu me sinto enclausurado numa linguagem muda... Acho que é daí que criamos uma ideia de absoluto, um Deus, ou coisa que o valha... É daí, que surge esse 'absoluto': da falha da linguagem, daquilo que ela não alcança... aquilo que ela não transpõe... para o qual ela não se presta à função de ponte conectora.

A vida é um campo onde a existência individuada se 'propõe'. Existe uma tensão neste processo de se 'propor', que, entretanto, fica adstrito a cada existência individuada...
 
Há indivíduos fantásticos que exaurem sua existência desde o início no descobrimento de uma linguagem própria, que lhes sirva de veículo, de ponte... Todos eles se matam ... suicídio direto ou indireto... Você os observa, sente que eles se tornaram seu próprio 'absoluto' (algo geralmente imenso e assustador para si mesmos e para a maioria das outras pessoas), mas sente que jamais poderá se servir com propriedade da linguagem que eles descobriram... 

Geralmente se destroem ao longo da vida, para constituir uma linguagem própria, além da padronizada, que não abrange suas inquietas subjetividades. E, o legado que deixam é inacessível à qualquer outro ser humano. O caminho para essa linguagem é sempre solitário, individual e implica numa desconstituição da própria existência... como se fosse um processo de virá-la ao avesso, um ajuste de contas entre as polaridades vida e existência...

A vida pode ser mesmo um deserto seco para qualquer existência que careça de uma linguagem própria para se ajustar ao seu curso.

Somos algo inexato e intangível a qualquer ideia, imagem ou expectativa que recaia sobre nós... Embora, apenas relativamente, também sejamos tudo isso. Fatalmente, as ideias, conceitos, imagens e expectativas que possuímos sobre o outro são mera projeção de nós mesmos, num constante processo humano de 'coisificar' tudo o que for alheio e, por isso, jamais se prestam à função de nos dizer 'o que' seja o outro.

segunda-feira, julho 23, 2018



Seja grato, mas não espere que os outros sejam. A gratidão é uma virtude de poucos



“A gratidão é a virtude das almas nobres” concluiu Esopo mais de quinhentos anos antes de Cristo dar o ar da graça aqui na Terra. É difícil pensar em um homem de alma grande que não seja capaz de demonstrar agradecimento pelas benesses que recebe. Ser grato carrega algo de honesto, de reconhecimento pela generosidade de alguém.

Esse gesto aparentemente simples, no entanto, tem povoado menos almas do que deveria. É preciso sair de si e examinar as ações do outro e as conquistas da própria vida em busca de contentamento, mas olhe lá quem está disposto a deixar seu umbigo para valorar a ação de outrem. Olhe lá quem é capaz de mirar a própria vida e sentir-se grato pelo que já alcançou.

É claro que o ingrato não consegue ser feliz. A gratidão limpa a alma, mas a ingratidão a deixa suja e pesada. Não é conversa de espiritualista, a física quântica está aí para provar a influência de um bom pensamento. Só que dizer “obrigado” literalmente significa assumir uma dívida, uma obrigação moral: significa o dever de, no mínimo, reconhecer que o feito do outro fez algum bem. Gratidão, portanto, pressupõe empatia, nobreza e, acima de tudo, humildade. Pouca gente hoje, no entanto, é humilde. Desenvolvem-se homens-meta, que almejam ser sempre maiores, mais brilhantes, soberanos e únicos. Criam-se crianças-modelo, prontas para conquistar o mundo com respostas afiadas e complexo de rei. A ingratidão, muitas vezes, é aprendida dentro de casa.

Mal sabe o ingrato que a reverência de agradecimento deveria estar em todo lugar. Gratidão ao pai, que se doa de si para conduzir o filho pelo compasso da vida; ao parceiro, que se dispõe a dividir sua estrada, em seus picos e vales; ao moço que gentilmente cede lugar na fila; ao inimigo, que sem querer deixa mais forte e sábio aquele que agride; às pequenas cortesias do porteiro; aos erros do passado, que possibilitam os acertos do presente… Não existe hora para reconhecer que a existência do outro agrega e que a história percorrida até agora merece reverência.

A gratidão sincera não precisa de cerimônia e dispensa intermediários. Há momentos em que agradecer dispensa até mesmo palavras, traduzindo-se em abraços, sorrisos, orações ou num simples suspiro profundo de quem se alegra pelo que já alcançou. Vive-se hoje a certeza de que nada é suficiente, uma sede inesgotável que consome dinheiro, energia e sobretudo a própria vida. A graça tem sido lamentar pelo que ainda não se tem, sem reconhecer o que já foi alcançado e quem ajudou a chegar até aqui. Copo meio vazio sempre.

De toda forma, ainda que soe absurdo, que possamos ser gratos aos ingratos. “Vale a pena experimentar também a ingratidão para encontrar um homem grato”, disse Sêneca. Que até o veneno das almas pequenas possa ser fonte de aprendizado e que o homem ingrato seja sempre uma lembrança daquilo que não se deve ser.


sábado, julho 21, 2018












Tu? Eu?

Não morres satisfeito.
A vida te viveu
sem que vivesses nela.
E não te convenceu
nem deu qualquer motivo
para haver o ser vivo.

A vida te venceu
em luta desigual.
Era todo o passado
presente presidente
na polpa do futuro
acuando-te no beco.
Se morres derrotado,
não morres conformado.

Nem morres informado
dos termos da sentença
de tua morte, lida
antes de redigida.
Deram-te um defensor
cego surdo estrangeiro
que ora metia medo
ora extorquia amor.

Nem sabes se és culpado
de não ter culpa. Sabes
que morres todo o tempo
no ensaiar errado
que vai a cada instante
desensinando a morte
quanto mais a soletras,
sem que, nascido, more
onde, vivendo, morres.

Não morres satisfeito
de trocar tua morte
por outra mais (?) perfeita.
Não aceitas teu
como aceitaste os muitos
fins em volta de ti.

Testemunhaste a morte
no privilégio de ouro
de a sentires em vida
através de um aquário.
Eras tu que morrias
nesse, naquela; e vias
teu ser evaporado
fugir à percepção.
Estranho vivo, ausente
na suposta consciência
de imperador cativo.

Foste morrendo só
como sobremorrente
no lodoso telhado
(era prêmio, castigo?)
de onde a vista captava
o que era abraço e não
durava ou se perdia
em guerra de extermínio,
horror de lado a lado.

E tudo foi a caça
veloz fugindo ao tiro
e o tiro se perdendo
em outra caça ou planta
ou barro, arame, gruta.
E a procura do tiro
e do atirador
(nem sequer tinha mãos),
procura, a procura
da razão de procura.

Não morres satisfeito,
morres desinformado.

Carlos Drummond de Andrade, in 'A Falta que Ama'



Ser Feliz

                Ser feliz é ter futuro e é dar futuro. Todos pensamos ser felizes e acordamos todos os dias com esse desejo. Mas ser feliz não é uma sorte, nem é ausência de problemas. É viver com sentido, com coragem, construindo o futuro e dando futuro. Isso depende de mim. 
                Era uma vez um homem que corria e corria pela vida... A vida era curta e necessitava de correr muito para gozar muito e ser feliz. E quanto mais corria, mais necessitava de correr! Descobria sempre mais lugares para visitar! Necessitava encontrar tudo e gozar de tudo. Até que um dia, cansado de tanto correr, parou. Então, a felicidade pôde alcançá-lo. 


(Padre) Vasco Pinto de Magalhães, in 'Não Há Soluções, Há Caminhos' 


Se vai tentar
siga em frente.

Senão, nem começe!
Isso pode significar perder namoradas
esposas, família, trabalho...e talvez a cabeça.

Pode significar ficar sem comer por dias,
Pode significar congelar em um parque,
Pode significar cadeia,
Pode significar caçoadas, desolação...

A desolação é o presente
O resto é uma prova de sua paciência,
do quanto realmente quis fazer
E farei, apesar do menosprezo
E será melhor que qualquer coisa que possa imaginar.

Se vai tentar,
Vá em frente.
Não há outro sentimento como este
Ficará sozinho com os Deuses
E as noites serão quentes
Levará a vida com um sorriso perfeito
É a única coisa que vale a pena.

Charles Bukowski




Se sou amado,
quanto mais amado
mais correspondo ao amor.



Se sou esquecido,
devo esquecer também,
Pois amor é feito espelho:
-tem que ter reflexo.




Pablo Neruda

quarta-feira, julho 11, 2018